Our Blog


Olá a todos!
Este ano fui uma das “contempladas” pela Rosto Solidário (RS) e pelos Missionários Passionistas a partir em Missão para Angola. Foi uma experiência incrivelmente enriquecedora e foi muito bom conhecer uma nova cultura, apesar de não estar de acordo com algumas tradições que eles têm, mas temos de os respeitar.

Em Angola conheci crianças que me ajudaram a crescer e finalmente consegui ver que elas apesar de não terem nada, elas são verdadeiramente crianças: andam descalços pela rua, fazem os seus próprios brinquedos, não têm nada, mas ao mesmo tempo têm tudo, brincadeiras mais puras (não são dependentes das novas tecnologias que nós temos aqui).
Nestes dois meses de missão em Calumbo, o que mais gostei para além do contato que tive com o povo de lá, foi conhecer os Padres Missionários, portugueses. Não conhecia nenhum deles.
Compreende-se o porquê de eles estarem lá: são MISSIONÁRIOS. Eles sentem aquelas pessoas como parte da sua família (apesar deles sentirem saudades de Portugal).
Nós, fiéis leigas, temas a mesma opinião deles: as nossas vidas são uma correria e nem temos tempo de parar e olhar para os outros. Em Angola eu tive tempo de parar e olhar para as pessoas que estavam ao meu lado a pedir-me ajuda. Lá senti-me útil para os outros, enquanto que em Portugal sinto-me mais uma pessoa que anda na sua correria sem ter tempo de olhar para o lado e ver se alguém precisa de ajuda.
Eu acho que todos nós devíamos passar por uma experiência destas para aprendermos a dar valor ao que temos e que eles não têm. Portanto, o meu conselho é “Ide pelo mundo”, mostrem-se ativos, dêem um pouco de vós aos outros, não importa a idade, mas a disponibilidade que se tem para ajudar.
Obrigada a todos os que me ajudaram a cumprir este sonho!
Beijinhos!
Filipa Monteiro

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *