Tag: pascoa


Este domingo é um dia grandioso, dia de PÁSCOA, dia que, para nós cristãos, deve ser um dos mais importantes do ano, uma vez que se trata da principal celebração da nossa religião! Devemos renovar a nossa fé…
No dia de Páscoa celebramos a ressurreição de Jesus Cristo que morreu pregado na cruz, para a salvação do Mundo. Depois de 5ª e de 6ª feira Santa devemos celebrar a presença do Senhor, com um festivo dia de Páscoa onde, também nós, devemos “ressuscitar”. Não ressuscitar no verdadeiro sentido da palavra, mas tornar-nos pessoas melhores, mais justas, mais solidárias umas com as outras.
Se é verdade que não é fácil mudarmos para melhor, também é verdade que ainda mais difícil foi, para Jesus Cristo, nosso Senhor, morrer na cruz, por todos nós. Isso sim, deve ter sido bem mais difícil do que aquelas coisinhas por vezes “mesquinhas” das quais nos queixamos, muitas vezes sem qualquer razão…
No evangelho deste domingo tão especial (todos eles devem ser especiais!!), Simão Pedro eo outro discípulo correram ao sepulcro, uma vez que tinham sido avisados por Maria Madalena que a pedra tinha sido de lá retirada. O primeiro a chegar viu as ligaduras no chão mas não entrou, talvez com receio de algo, mas Simão Pedro, ao chegar, entrou no sepulcro e viu as ligaduras no chão e o sudário que tinha estado sobre a cabeça de Jesus. “Viu e acreditou”. Nós não podemos, nem iremos nunca poder ver como estes dois discípulos, mas acreditamos. Eles ainda não tinham entendido a Escritura, mas seguiam-no. Nós devemos também seguir a Sua palavra. É certo que por vezes temos dúvidas ou coisas que não entendemos, é certo que não o vimos, é certo que não ouvimos a sua voz… Mas podemos escutar a Sua palavra que só nos indica o caminho do bem!
Uma Santa Páscoa para todos!

No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi de manhãzinha, ainda escuro, ao sepulcro e viu a pedra retirada do sepulcro. Correu então e foi ter com Simão Pedro e com o outro discípulo que Jesus amava e disse-lhes: «Levaram o Senhor do sepulcro e não sabemos onde O puseram». Pedro partiu com o outro discípulo e foram ambos ao sepulcro. Corriam os dois juntos, mas o outro discípulo antecipou-se, correndo mais depressa do que Pedro, e chegou primeiro ao sepulcro¬. Debruçando-se, viu as ligaduras no chão, mas não entrou. Entretanto, chegou também Simão Pedro, que o seguira. Entrou no sepulcro e viu as ligaduras no chão e o sudário que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não com as ligaduras, mas enrolado à parte. Entrou também o outro discípulo que chegara primeiro ao sepulcro:¬ viu e acreditou. Na verdade, ainda não tinham entendido a Escritura, segundo a qual Jesus devia ressuscitar dos mortos.
Jo 20, 1-9