Tag: nova iorque

Estou em Nova Iorque a participar na CSW57Opening-CSW57. Ao longo desta semana, para além de estatísticas e números que continuam a assustar, ouvi muitas mulheres contarem as suas histórias…
Uma jornalista do Egito que, no meio de uma manifestação, foi violada por um grupo organizado de homens. E não foi a única, estes grupos violaram e violam muitas mulheres em todas as manifestações como forma de as tentar afastar.
Uma senhora, da Rússia, que foi obrigada a divorciar-se porque a família não gostava da família do marido.
Uma médica Russa que é testemunha da morte de muitas mães adolescentes. Nesse local do mundo, 50% das jovens morrem a ter os seus filhos.
Uma ativista do Congo que, na sua aldeia, conhece novas mulheres que são violadas diariamente.
Uma criança da India contou-nos como viu a sua mãe ser espancada pelo pai durante anos. Depois da mãe fugir foi ela quem foi espancada e violada. Uma noite fugiu com os seus irmãos mais novos e foi à policia fazer queixa… e ninguém lhe ligou. A queixa não foi registada e ela ficou a viver na rua.
É por todas estas meninas e mulheres, por todas estas histórias com rosto que faz sentido que haja um dia da mulher. E este dia não é para dar flores, é para ir para a rua gritar por justiça.