Tag: cinema

Este é um filme que revisita a alucinante história do herói português (que ficou em 3º lugar na Lista dos Grandes Portugueses em 2006) que salvou mais de 30.000 pessoas durante a Segunda Guerra Mundial. Um filme que nos ajuda a perceber melhor a nossa história e de como ela é feita por grandes Homens que se denotam pela sua grande audácia.
Quando as tropas nazis invadiram a França, milhares de refugiados juntaram-se no consulado português em Bordéus, na esperança de aí obterem um visto para Portugal. Aristides, obrigado a respeitar a proibição expressa de concessão de vistos a quaisquer refugiados judeus imposta por Salazar, viveu um terrível dilema: se concedesse vistos, arriscava a carreira diplomática e o sustento da sua família; se não o fizesse, todos aqueles milhares de pessoas teriam como destino os campos de concentração nazis.
Aristides Sousa Mendes ousou desafiar Salazar, respeitando a sua consciência e demonstrando coragem.


Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus, Francisco Manso e João Correia
Biografia, 90 minutos

Um filme que talvez nos ajude a perceber o quanto o mundo com os seus negócios e esquemas nos podem oprimir. Yann, um cozinheiro, e Nadia, uma empregada de mesa e mãe de um rapaz de 9 anos, decidem arriscar tudo na compra de um restaurante. Apesar do talento, energia, amor e sonhos em abundância, a falta de dinheiro e as suas consequências oprimem-nos. Nadia aceita um emprego no Canadá e Yann e o rapaz ficam para salvar o restaurante, mas o desgaste diário, a opressão económica e a separação geográfica que vivem fazem-nos comprender que a sua única salvação está em juntar-se à sua amada (e reunir mãe e filho), seguindo Nadia até ao Canadá, para que possam ter uma vida melhor…

Uma vida melhor, Cédric Kahn
Drama, 110 minutos