Our Blog


Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão vento,
E pelo ar, e nuvens, e sereno, e todo o tempo,
Por quem dás às tuas criaturas o sustento.

Perdão, Senhor, por termos contaminado
O ar, o vento e as nuvens,
E a própria atmosfera que nos abraça e protege.

Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã água,
Que é tão útil e humilde e preciosa e casta.

Perdão, Senhor, por o nosso egoísmo ter conspurcado a água,
A ponto de nem os homens nem os animais a poderem beber…
Por nossa culpa muitos rios estão fétidos e desabitados,
E até no mar morrem muitos peixes.

Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão fogo,
Por meio do qual alumias a noite:
Como ele é belo e jucundo e robusto e forte!

Perdão, Senhor, por termos feito armas de fogo para matar irmãos,
Por termos incendiado florestas,
Por utilizarmos em bombas a energia nuclear…

Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã a terra-mãe,
Que nos sustenta e nos governa,
E produz variados frutos e coloridas flores e verduras.

Perdão, Senhor, pela desertificação da nossa terra,
Por a termos tornado estéril para as gerações futuras.
Perdão por a termos envenenado com tantos pesticidas…

Louvado sejas, meu Senhor, por aqueles que perdoam por teu amor,
E suportam doenças e tribulações.Perdão, Senhor, pelos nossos preconceitos, e críticas,

Por fecharmos portas, fronteiras e corações,
Pela falta de solidariedade para com os necessitados.

Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã morte corporal,
E que é a porta por onde se há-de passar
Para chegar à terra dos vivos.

Perdão, Senhor, pelo nosso medo da morte,
A ponto de muitas vezes abandonarmos os moribundos sozinhos.
Perdão por assim termos atraiçoado a verdadeira vida
E não termos acreditado na ressurreição.

Frei Hermano Schalnek,OFM

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *