Sou um normal jovem de 17 anos com tudo o que isso implica, sou cristão, sou estudante universitário e sou acólito do GASPC. Sou tudo isto ao mesmo tempo e não consigo dissociar nada… Se alguma destas coisas me faltar, sinto uma espécie de curto-circuito em mim, porque há algo que não está a funcionar bem…
Levo os ensinamentos de tudo aquilo que sou para tudo aquilo que faço e sabem que mais?! Até resulta muito bem!
Nunca me conseguiria imaginar a atravessar a universidade rodeado por novas pessoas, cheias de experiências diferentes para contar, ou estar num jantar de amigos a conversar sobre tudo e mais alguma coisa, sem partilhar com essas pessoas a minha “vida” como acólito… No final de contas, é parte de mim! É algo de que me orgulho e que me traz uma felicidade que não encontro em algo diferente.
Posso afirmar que nunca me senti julgado ou incompreendido por fazer parte de um grupo religioso e viver bem de perto as experiências cristãs, mas se algum dia isso acontecer, sei bem o que farei… Respondo apenas com um “E daí? Esta foi a vida que escolhi…”
Vejo a comunidade Passionista, em geral, e o GASPC, em particular, como uma família em que momentos bons e momentos menos bons fazem parte… São todos esses momentos que me levam a querer ser parte dessa família e a crescer enquanto pessoa e enquanto cristão…

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses