Our Blog

1

petrus romanus

Depois de Nostradamus, depois do ano 2000, depois da profecia dos Maias… chega agora… a extraordinário… Profecia de São Malaquias!

Sim! Mais uma brilhante profecia sobre o fim do mundo, desta vez relacionada com o último Papa, o 266º Papa da História. Isto agora está na moda…

A profecia de S. Malaquias
Nos finais do século XVI apareceu uma profecia atribuída ao monge Malaquias, um santo do século XII.
Essa profecia é uma lista de 112 frases que apresentam os vários papas, a começar em Celestino II (1143-1144).
A lista termina com um papa de nome Petrus Romanus, Pedro Romano em bom português.
Segundo essa lista, Bento XVI foi o Papa 111.
Acerca do Papa 112 é dito o seguinte:

In persecutione extrema S.R.E. sedebit. Petrus Romanus, qui pascet oves in multis tribulationibus, quibus transactis civitas septicollis diruetur, & judex tremendus judicabit populum suum. Finis.

Traduzido dá algo como: na última perseguição à sagrada Igreja de Roma, vai estar na Sede Pedro Romano. Ele alimentará o seu rebanho no meio de muitas tribulações. Então a cidade das sete colinas será destruída & o tremendo juiz julgará o seu povo. Fim.

Bem… alguns santos até tiveram momentos interessantes de contacto com Deus e algumas visões. Na Bíblia encontramos a presença de Deus em muitas profecias. Mas… será que a Profecia de São Malaquias é mesmo verdadeira? Tem acertado nos Papas dos últimos séculos?

Os factos
Teoricamente, São Malaquias escreveu a profecia no século XII. Estranhamente, ela só foi conhecida em 1595, 4 séculos depois!
Até esse ano, não há referência alguma à profecia dos papas. Nenhuma! Nem sequer os amigos de Malaquias o deixaram escrito nas biografias… Como é que uma profecia sobre o fim do mundo conseguiu estar escondida 400 anos???
Há outra coisa interessante. O raio da profecia acerta com extrema exatidão em TODOS os papas até ao ano da sua descoberta em 1595. Mas… a partir daí… é preciso ter muita imaginação…
Por exemplo, Bento XVI é o Gloria olivæ: a glória da oliveira. Com alguma imaginação podemos dizer que Bento se refere a S. Bento, fundador dos Beneditinos, de onde nasce a congregação dos Olivetanos cujo símbolo era uma oliveira. Uau! Viram a volta que isto deu? Ou então, Bento XVI trabalhou pela paz no tempo da guerra mundial… ou pela paz na Igreja…
Ao calhas, escolhi o Papa 55 da Profecia, anterior a 1595: Bos paſcens (alimentação de bovinos). Ora, e não é que o seu escudo papal tem um touro rodeado de ervas?

Conclusões…
- A profecia foi escrita no século XVI.
- Acertou em todos os papas anteriores ao século XVI.
- A partir do século XVI é preciso puxar muito pela cabeça para acertar.

E finalmente…
Uma vez mais, à semelhança do texto que escrevi dedicado aos Maias, é bom recordar que os céus e a terra passarão, mas as palavras de Jesus nunca passarão. E sobre aquele dia e aquela hora, ninguém a conhece… nem os anjos do céu… nem o Filho enquanto homem… mas só, somente e exclusivamente o Pai. E isto está em Mateus, 24,35-36.
Jesus diz que não se sabe quando será o fim do mundo. Nem os cientistas, nem a Bíblia, nem o Nostradamus, Malaquias, Maias e outros que andam por aí a encher os bolsos à custa de muita gente.

Temos de estar sempre alertas e viver a vida felizes, tal como Jesus.

(espero que o próximo Papa não tenha qualquer relação com o nome Pedro… não seja o cardeal Peter Erdo, nem o Peter Turkson, nem o brasileiro Odilo Pedro Scherer, nem sequer o Christoph Maria Michael Hugo Damian Peter Adalbert (Graf von) Schönborn ou o conhecido Tarcisio Pietro Evasio Bertone, nascido em Romano Canavese). Venha um Paulo, João ou mesmo um Francisco. Bem, se calhar nem João nem Paulo porque, bem puxadito, pode dar para os apóstolos, companheiros de Pedro. Fiquemo-nos com um nome mais banal, como Francisco ou Leão.

Comments ( 1 )

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *