Our Blog


“A vida é Missão” é uma frase que me acompanha há já muito tempo, mas que passa a fazer um sentido bem mais claro quando dispomos de tudo o que temos e agarramos em tudo do que dispomos para ser instrumento de um projeto maior que nós.
Partir é sempre deixar muito para trás – por muito que esse muito que deixamos nos acompanhe sempre na forma de quem somos – mas partir em Missão é partir para encontrar muito mais do que aquilo que deixamos, é partir para encontrar noutros mundos, noutros olhares, noutras formas de olhar, quem somos verdadeiramente.
Só na descoberta daquilo que nos une na diferença conseguimos encontrar aquilo que nos distingue, sem separar, na nossa identidade única e irrepetível, e é descobrindo-nos nessa diferença que é identidade, que nos encontramos na unidade do Amor a que nós, seguidores de Cristo, chamamos Deus. Segui-Lo não é fácil, mas todas as dificuldades que encontramos no caminho são esbatidas pela certeza de que Ele nos acompanha a cada passo da caminhada.
Há dois meses fui uma das privilegiadas que rumou a terras Angolanas para descobrir na terra arenosa, no sol vermelho, nos olhares tristes e nos sorrisos sinceros daquele povo a luz de um Deus que, em Português, em Quimbundo, ou em qualquer outra língua ou dialecto, se faz visível nas mais simples palavras de gratidão, nas mais puras expressões de carinho, nos mais pequenos mas grandiosos gestos de Amor…
Estar em Missão é viver em permanente oração, é rezar com a vida… É experienciar o Amor de Deus de uma forma tão espontânea que as palavras se tornam tantas vezes desnecessárias.
A todos quantos tanto nos ensinaram no tão longo – em vivências – mas ao mesmo tão curto tempo que ali passamos, trazemos num lugar bem especial a que os Angolanos chamam de “muxima”…
Falham as palavras para traduzir estes últimos meses numa terra que passou a ser também casa… E é quando as palavras faltam que temos a certeza que tudo valeu a pena…

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *